Menu

Pesquisar

Baixe o Aplicativo Android

image

Goleiro Cássio revela que abandonou o álcool e passou a frequentar a igreja para dar a volta por cima

O goleiro Cássio, do Corinthians, vem vivendo uma nova fase dentro de campo, com boas atuações e a conquista do título do Campeonato Paulista. Tudo isso, segundo ele, é resultado de uma mudança de vida que inclui ter passado a frequentar uma igreja evangélica.
Em 2016, o jogador atravessou uma fase ruim, perdeu a posição de titular no time e ficou acima do peso. Cássio havia perdido a avó e isso o desestabilizou. Agora, mais maduro, apoiado pela família e cuidando da alimentação, o goleiro perdeu seis quilos e se considera em forma.
A convite de um colega de clube, o zagueiro Vilson, Cássio passou a frequentar a igreja Voz da Verdade, em Alphaville, próximo de sua casa, e a experiência contribuiu para que largasse as bebidas alcoolicas. “Hoje já não bebo mais nada de álcool, tem um tempinho que abri mão disso.
Comecei a frequentar a igreja, tem um pastor que me aconselha. Acho que comecei faz uns dois meses a ir e a ter novos hábitos, isso está me fazendo muito bem. Independentemente da religião, tem de fazer o que faz feliz. E eu me sinto muito feliz”, afirmou o goleiro ao GloboEsporte.
A mensagem do Evangelho também impactou outras áreas de sua vida: “Desde que comecei a frequentar, comecei a me arrepender muito de coisas que tinha feito e demorei a perceber. Isso faz parte do amadurecimento. Para mim, está sendo um momento novo, mas estou muito feliz por tudo que está acontecendo”, contou.
Noivo, o goleiro revelou que tem a companhia da parceira nessa nova fase de vida: “Ela está indo à igreja comigo. Hoje tenho uma mudança de hábito. Para mim, essas coisas que estou mudando na vida estão sendo positivas. Tenho de seguir isso. Ela é minha companheira. Às vezes, uma mulher leva você para baixo, mas, às vezes, também ajuda a crescer”, frisou.
Ao final da entrevista, Cássio fez elogios ao colega de equipe evangélico: “O Vilson. Ele e a esposa dele, a Fabi, temos uma amizade muito boa. Começamos a conversar, não fui obrigado. Ele fez um convite, começamos a frequentar [a igreja] e nos sentimos muito felizes lá. Não vamos lá para brigar por religião, isso ou aquilo. Só para ler a Bíblia, tentar entender um pouco mais, evoluir, fazer as coisas certas. É uma mudança positiva para mim”.
 
Fonte: Gospel Mais.

A Palavra nos manterá retos na opinião, confortáveis no espírito,
santos na conversação e esperançosos na expectativa.

- Pr. Spurgeon C.H.

Biografia

Faça seu comentário com o  facebook